O maná caiu do céu, como chuva sagrada…

Miguel Torga_Poeta português


“Olho, aterrado, a grande mesa posta.
Quem presumiu em mim fome tamanha?
Todo o maná sagrado da montanha
Servido lautamente
A um só conviva!
À luz do sol poente,
Numa quase agressiva
Pressa de comunhão, as penedias
São raras iguarias
Dum banquete irreal
De que sou comensal
Apenas eu…
Como se um pigmeu
Pudesse devorar num breve instante
A refeição eterna de um gigante!”
(Miguel Torga)


***
por Virgínia Allan


TODO O MANÁ SAGRADO DA MONTANHA é sabedoria, alimento cultivado pelo homem e ofertado aos deuses.

TODO MANÁ SAGRADO DA MONTANHA é esforço consagrado da labuta cotidiana, que sustenta o corpo e alimenta o espírito humano.

O sol já está a se pôr. Com os olhos cansados, voltados da terra ao céu, regressa o miserável de mais um dia de trabalho e eu em minha inconstância, olho a mesa posta mas não corro imediatamente para ela, apavora-me a idéia de tamanha pompa, de tão fausto banquete pára um só vil e nada gentil convidado. Quem adivinhou o tamanho de minha fome?

TODO O MANÁ SAGRADO DA MONTANHA ao alcance de minha mão. Embora seja mesmo grande a minha fome, eu, solitário, não posso dar cabo do alimento sagrado. Pequenino em minha ambição; ando sem direção, silenciosamente, sem saber a que caminho escolher.

Procuro um ser de carne e osso, mas que tenha a alma pura e infinita, livre dos desgostos… Daí, quem sabe, possa ele me dizer como escapar do circulo vicioso no qual vivemos todos.

Almejar TODO O MANÁ SAGRADO DA MONTANHA é não tê-lo a disposição para comê-lo afoitamente. Se assim o fizer, os deuses, certamente, não virão ao meu encontro, pois, não terei sabedoria suficiente ou ao menos um conhecimento profundo das coisas como são, e, então como ousarei dizer ao fiel trabalhador que TODO MANÁ SAGRADO DA MONTANHA está também ao seu inteiro dispor para dele poder comer, não num banquete irreal, mas, sim, num banquete ideal, onde o esforço, unido ao tempo, ao momento correto lhe dará muito mais que uma substancial refeição. Dar-lhe-á capacidade em elevar-se às alturas de um gigante, além da paz, sabedoria e tranqüilidade de um ser humano de verdade, pronto a seguir, firme e reto, em sua evolução…


Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: