Um lugar seguro, um canto pra espantar o escuro…

Saleta de descanso_Anita Malfatti


No calor do dia

Os pássaros revoam pelo céu

Distribuindo penas  e cantos

É tudo belo e suave

Mas, vou em busca de um lugar esquecido

escondido, descansado…

Um lugar sossegado

Um mundo de encanto

Na saleta de descanso

***


Havia solidão por trás daquela porta, mas nada que abalasse a dona da casa. Poucas alegrias, humildes conformações…

As queixas iam calando-se pelos cômodos empoeirados, pelos livros mal arrumados, as janelas emperradas.

Do antigo lustre, restaram apenas algumas luzes, mas, apesar de tudo, não fazia escuro e sempre se sabia se lá fora, fazia chuva ou se fazia sol; se era dia ou noite.

O perfume das flores; recolhidas em dias primaveris, agora murchas, ainda perduravam no ambiente, mesmo depois de tanto tempo…

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: