Fedeli d’Amore

Tu que és o meu sol

Derrete minhas dores

Tu que és a minha lua

Devolve minha alegria

Como um sonho a vida passa

Como um sonho tudo acaba

De olhos fechados

Recebo teu abraço

De teu formoso rosto amada

Levo sempre a lembrança

Entro mudo calado saio

De um mundo de esperança

Entrego-me ao abandono

Mas não me engano

Sei que estás a me esperar

Rompo com o círculo do tempo

E no círculo do amor adentro

Bebo um vinho que me embriaga

Só, não me deixa amada

Se a embriaguez logo não passa

Cura-me com a presença de tua graça

E sobre meu peito dolorido e cansado

Espalha tua cabeleira longa e perfumada

E com ela enxuga minhas lágrimas

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: